16 de mai de 2007


ângulos improváveis
olhos de procura
a parte mais doce da vida
o mar negro esconde
como sonhos na madrugada

Escrito por Leila Andrade 3:45 PM

 
<BODY>